Follow by Email

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Representante da Vigilância Sanitária do Rio apresenta projeto desenvolvido no Curso de Especialização em Gestão em Brasília

Fernando J Magalhães Pinto
Por conta das comemorações dos 15 anos da ANVISA, foi realizada uma reunião no mês de abril, em Brasília, para viabilizar a apresentação dos Projetos Aplicativos (PAs) produtos da 1ª edição do Curso de Especialização em Gestão de Vigilância Sanitária - GVISA, realizado no Rio de Janeiro e em outras cinco capitais brasileiras: Curitiba, Belo horizonte, São Paulo, Brasília e Recife, no ano de 2012.

 Os PAs foram apresentados no Encontro do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, em Brasília no dia 13 de maio deste ano. Promovido pela ANVISA foi coordenado pelo Núcleo de Educação, Pesquisa e Conhecimento da Anvisa -NEPEC e Núcleo de Assessoramento na Descentralização das Ações de Vigilância Sanitária - NADAV, contando com a participação dos 6 gestores de aprendizagem e 1 representante de cada grupo afinidade.

 

Foram organizadas 3 mesas redondas na perspectiva de estimular o debate sobre Gestão do risco à saúde, Gestão do processo de trabalho em Vigilância Sanitária e Educação , Socialização e produção do conhecimento em VISA. Compondo a mesa estiveram presentes os expositores dos trabalhos da área respectiva e um mediador profissional da ANVISA.

Alguns dos projetos apresentados conseguiram ser implantados nos locais planejados. Outros não puderam ser viabilizados devidos a causas como falta de logística, recursos humanos insuficientes.


 Fernando J. Magalhães Pinto, da SUBVISA- RJ, participou da primeira mesa redonda Gestão do Risco à saúde apresentando o PA: "Alta exposição da população do risco sanitário associado às práticas inadequadas no preparo e consumo de alimentos no âmbito residencial da microarea de abrangência da Estratégia Saúde da Família – ESF Basílio, no município de Rio Bonito - RJ".
Após as apresentações os participantes fizeram considerações e questionamentos, finalizando com considerações dos expositores.

Fernando considerou que os projetos apresentados tem conteúdos interessantes e de aplicabilidade, dependendo da estrutura dos municípios escolhidos.

0 comentários:

Postar um comentário