Follow by Email

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Instituto Oswaldo Cruz/ Fiocruz promove atividades na Semana Nacional de Combate às Leishimanioses

A ‘Semana Nacional de Combate às Leishmanioses’ será comemorada no período de 11 a 15 de agosto, e o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) promove debates sobre o tema nos dias 08 e 11 de agosto, no auditório Emmanuel Dias - Pavilhão Arthur Neiva. Instituída em 2012 pelo Ministério da Saúde, a ‘Semana’ tem como objetivo fortalecer o programa de contenção da leishmaniose, alertar a população para os riscos e cuidados com a doença, além de promover discussões sobre as políticas públicas de vigilância e controle da zoonose. O evento é organizado pela disciplina de ecologia das leishmanioses do Programa de Pós-graduação Stricto sensu em Biodiversidade e Saúde do IOC.
No dia 11 de agosto, às 13h30, a mesa-redonda ‘As Leishmanioses tegumentar e visceral no Estado do Rio de Janeiro’ recebe Paula Maria Almeida, da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ) para debater sobre ‘Sobre o foco urbano de Leishmaniose visceral no Caju, município do Rio de Janeiro’. Em seguida, Janaína Rodrigues, coordenadora da Vigilância Ambiental de Volta Redonda, ministra a palestra ‘Sobre a Leishmaniose visceral no município de Volta Redonda’. A responsável pela Gerência de Doenças Transmitidas por Vetores e Zoonoses, SES-RJ, Cristina Giordano, debaterá sobre a ‘Sobre a Leishmaniose Tegumentar no Estado do Rio de Janeiro’. As pesquisadoras do IOC, Elizabeth Rangel e Fátima Conceição Silva participam como debatedoras do evento.
Hoje, 08 de agosto, o tema ‘Leishmanioses nas Américas: situação epidemiológica, ações realizadas e recomendações terapêuticas’ foi abordado em sessão de debate pela assessora regional para leishmanioses nas Américas - OPAS/OMS, Ana Nilce Maia-Elkhoury.



Fonte: Comunicação / Instituto Oswaldo Cruz em:  http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=2148&sid=32

0 comentários:

Postar um comentário