Follow by Email

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Vigilância Sanitária atua em evento teste de Vela orientando Serviços de Alimentação

Uma semana antes do evento teste para as Olimpíadas, a Regata Internacional de Vela,  na Marina da Glória, a equipe técnica da Vigilância Sanitária municipal responsável pela fiscalização, foi ao local e orientou os responsáveis pelos estabelecimentos que fornecerão alimentos às delegações. O objetivo é evitar as Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs).

A imprensa noticiou:
A Regata Internacional de Vela, que acontece entre este sábado (2) e o próximo (9), na Marina da Glória, na Zona Sul do Rio, vai ser o evento-piloto para o trabalho da Vigilância Sanitária de inspeção de bares, restaurantes e hotéis já visando as Olimpíadas de 2016. Toda a alimentação de atletas e visitantes está sendo analisada desde a última terça-feira (29).
De acordo com a Vigilância Sanitária, bares, restaurantes e hotéis começarão a ser catalogados para as inspeções. O objetivo é garantir que sejam respeitadas as normas higiênico-sanitárias e, paralelamente, reduzir o número de estabelecimentos irregulares no atendimento aos turistas.
Após catalogados, os estabelecimentos terão amostras de alimentos recolhidas para análise em laboratórios. Essa atividade também foi feita na Copa do Mundo, por um período de dois anos antes do evento.  O trabalho apontou para uma redução de 50% nas interdições de lanchonetes, bares, restaurantes e hotéis. Sem falar da redução também dos danos à saúde dos consumidores.
Nos dois anos que antecederam o Mundial foram fiscalizados 2.500 estabelecimentos nas áreas mais movimentadas da cidade. Do total de alimentos analisados, 15% apresentaram índice insatisfatórios. Os comerciantes receberam orientações sobre conservação, armazenamento e manipulação dos alimentos, assim como limpeza e higiene do local.
Os estabelecimentos que não se adequaram às normas da Vigilância Sanitária foram autuados, multados e tiveram mercadorias apreendidas.
Somente entre junho e julho, durante a Copa, foram inspecionados 1.657 bares, lanchonetes, restaurantes e hotéis. Foram inutilizados 1.514 quilos de alimentos e 418 multas aplicadas.

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/08/bares-e-hoteis-comecam-ser-inspecionados-para-olimpiada-no-rio.html

0 comentários:

Postar um comentário