Follow by Email

terça-feira, 18 de março de 2014

Vigilância Sanitária participa de atividades de educação ambiental celebrando o Dia Mundial da Água no Morro da Providência


O evento foi promovido pela Associação de Moradores da Providência e a Secretaria de Estado do Ambiente através da Superintendência de Educação Ambiental, e a Vigilância Sanitária municipal foi convidada para participar das ações educativas oferecidas aos moradores no dia 15 de março, na praça Américo Brum . O engenheiro Climárcio participou divulgando material com informações sobre cuidados de limpeza de caixas d'água e cisternas, piscinas, filtros domésticos, entre outros.  O Dia Mundial da Água é um evento internacional organizado pela Organização das Nações Unidas para chamar atenção para a importância da água doce e é comemorado todos os anos em 22 de março.  A data visa alertar as populações e os governos para a urgente necessidade de preservação e poupança deste recurso natural tão valioso.


A gestão dos recursos de água tem impacto em vários setores, notadamente na saúde, produção de alimentos, energia, abastecimento doméstico e sanitário, indústria e sustentabilidade ambiental.
As alterações climáticas provocam graves impactos nos recursos de água. Alterações atmosféricas como tempestades, períodos de seca, chuva e frio afetam a quantidade de água disponível e afetam os ecossistemas que asseguram a qualidade da água.

Origem da Data

A comemoração surgiu no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento e Ambiente que decorreu na cidade brasileira do Rio de Janeiro, em 1992. Os países foram convidados a celebrar o Dia Mundial da Água e a implementar medidas com vista à poupança deste recurso e promover a sua sustentabilidade.

Fatos sobre a água

  • O volume total de água no planeta Terra é de 1.4 bilhões km3. Os recursos de água doce rondam os 35 milhões km3 (cerca de 2.5% do volume total de água).
  • Destes 2.5%, cerca de 24 milhões km3 (ou 70%) estão em forma de gelo (zonas montanhosas, Antártida e Ártico).
  • 30% da água doce disponível está armazenada no subsolo (lençóis freáticos, solos gélidos e outros). Isto representa 97% de toda a água doce disponível para uso humano.
  • Os lagos e rios de água doce contêm aproximadamente 105.000 km3 (ou 0.3% de toda a água doce mundial)
  • O total de água doce disponível ronda os 200.000 km3 - menos de 1% de todos os recursos de água doce disponíveis.
  • A atmosfera da Terra contém aproximadamente 13.000 km3 de água.
  • 70% da água doce é utilizada na rega, 22% na indústria e 8% no uso doméstico.
  • Em 60% das cidades europeias com mais de 100.000 habitantes, a água do solo está a ser usada de modo mais rápido do que a sua restituição.
Em 2014, ao trabalhar com extremo foco no “nexo água – energia”, a ONU quer também, chamar a atenção para as desigualdades, especialmente para o “bilhão” de pessoas da região Sul do planeta, que vivem em favelas e áreas rurais empobrecidas e sobrevivem sem acesso à água potável, saneamento adequado, alimentação suficiente e serviços energéticos.  Visa, também, facilitar o desenvolvimento de políticas públicas que liderem o caminho para a segurança energética e o uso sustentável da água dentro de um contexto de economia verde.
Segundo as Nações Unidas, “particular atenção deverá ser dada para identificar as melhores práticas ligadas à água e à eficiência energética de forma que possam contribuir para fazer da Indústria Verde uma realidade”.
Objetivos do Dia Mundial da Água, em 2014
• Aumentar a conscientização sobre as inter-relações entre a água e energia;
• Contribuir para um diálogo político que incide sobre o vasto leque de questões relacionadas com o nexo de água e energia; 
• Demonstrar, por meio de estudos de caso, para os tomadores de decisão do setor energético e do domínio da água que as abordagens integradas e as soluções para os problemas de água e energia alcançarem maiores impactos econômicos e sociais; 
• Identificar a formulação de políticas e questões de desenvolvimento de capacidades nas quais o sistema das Nações Unidas, em particular a ONU - Água e ONU - Energia, possam oferecer contribuições significativas;
• Identificar as principais partes interessadas no nexo água - energia e envolvê-los ativamente ;
• Contribuir de forma relevante para as discussões pós- 015 , em relação ao nexo água - energia.





0 comentários:

Postar um comentário