Follow by Email

quinta-feira, 28 de maio de 2015

VIGILÂNCIA SANITÁRIA VAI À RUA PROMOVER ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A partir desta quinta (dia 28), a Vigilância Sanitária Municipal estará na rua para passar orientações sobre a alimentação saudável, enfatizando os benefícios que os alimentos orgânicos oferecem à saúde, em celebração à Semana dos Alimentos Orgânicos.

Durante dois dias, os técnicos irão abordar pedestres que circularem pelo Centro Administrativo São Sebastião e no Parque Madureira, quando serão passadas orientações sobre os produtos orgânicos, divulgando os benefícios ambientais, sociais e nutricionais desses alimentos, e sobre produtos que devem ser evitados para que a saúde não corra riscos.

Nos dois dias de evento será montada uma oficina gratuita, onde nutricionistas vão expor os vários grupos de alimentos (orgânicos, in natura e os processados) e passar orientações sobre a qualidade nutricional de cada um.

O primeiro dia do evento, denominado “Vigilância Sanitária na Rua” será no prédio da prefeitura, nesta quinta. O segundo será no Parque Madureira, no próximo sábado. Ambos serão realizados no horário das 9h às 14h.

O “Vigilância Sanitária na Rua” acontece várias vezes no ano e tem como principal objetivo aproximar o órgão da população carioca,  mostrando as ações de prevenção e promoção da saúde que são feitas na cidade, e orientando sobre a importância da denúncia, que pode ser feita pela central de atendimento 1746.

Cada edição aborda uma temática que tem a ver com o período em que é realizada. Nesta edição também haverá a mostra cultural "Vigilância Sanitária e Cidadania”, que detalha, por meio de humor e interatividade, o quanto a vigilância sanitária está presente no cotidiano das pessoas - nos produtos que consomem, nos serviços que freqüentam e no ambiente em que vivem - e o quanto sua falta pode resultar em graves problemas de saúde.

Os nutricionistas que participarão da oficina de alimentação saudável pertencem ao Instituto de Nutrição Annes Dias – Inad – que está sob a coordenação da Vigilância Sanitária municipal. 

0 comentários:

Postar um comentário